Estudo Coolproducts calcula o investimento necessário para dizer adeus aos combustíveis fósseis

  • Por Laura Carvalho
  • Publicado um ano atrás

De acordo com este estudo, Portugal está entre os oito países que, considerando os incentivos e preços existentes, um agregado familiar de 4 elementos com rendimento médio, consegue trocar, com um tempo de retorno do investimento igual ou inferior a 8 anos, uma caldeira a combustível fóssil por uma bomba de calor.

Apenas 17,3% dos aparelhos de aquecimento instalados nas habitações europeias funcionam a eletricidade ou outras tecnologias limpas. As bombas de calor que usam refrigerantes com baixo potencial de aquecimento global e as tecnologias solares térmicas demonstraram serem soluções existentes muito eficazes para reduzir as emissões e proteger os cidadãos da dependência do gás e da sua volatilidade de preços. Estes aparelhos podem desempenhar um papel importante na redução da pobreza energética, dado que a energia solar e eólica são agora mais baratas do que os combustíveis fósseis e não sofrem com as flutuações do mercado.

Descubra aqui os equipamentos de aquecimento mais eficientes no mercado nacional e os incentivos disponíveis.

Clique aqui para aceder ao estudo.

Produtos em destaque