Etiquetas energéticas renovadas e reescalonadas em Março 2021

  • Por Laura Carvalho
  • Publicado 6 meses atrás

A Comissão Europeia adotou a revisão de diversos regulamentos de eficiência energética, que incluem a alteração do design das conhecidas etiquetas energéticas e a maior exigência dos critérios de eficiência energética.

As novas etiquetas energéticas entrarão em vigor e nas lojas a partir de 1 de Março de 2021 para os seguintes produtos:

  • Televisores (atualizada) e monitores (nova)
  • Máquinas de lavar louça (atualizada)
  • Frigoríficos e congeladores (incluindo as garrafeiras, minibares) (atualizadas)
  • Máquinas de lavar roupa e máquinas de lavar e secar roupa (não inclui os secadores de roupa) (atualizada)
  • Armários de refrigeração para venda direta (nova)
  • Fontes de luz (lâmpadas atualizada, luminárias nova, a partir de 1 de Setembro 2021)


As modificações mais importantes nos seis regulamentos são as seguintes:

  • Reintrodução da escala original A-G e eliminação das classes A+, A++, A+++ que geravam confusão. Com esta alteração os modelos mais eficientes do mercado serão classificados com a classe A.
  • Um determinado modelo com a atualmente classificado como A+++ poderá vir a ter a classe B, C ou até inferior na Primavera de 2021. Desta forma, os fabricantes têm um incentivo para desenvolver aparelhos mais eficientes no futuro.
  • O processo reescalonamento é acompanhado com a introdução de requisitos de eficiência mais apertados. Por exemplo, espera-se um aumento de eficiência superior a 70% para os produtos de iluminação.

Categoria

Requisitos mínimos na UE a partir de Março ou Setembro 2021

Aparelhos de refrigeração (Frigoríficos e Congeladores)

Classe mínima - F

Máquinas de lavar roupa & Máquinas combinadas de lavar e secar roupa

Todas as classes são permitidas

Máquinas de lavar louça

Todas as classes são permitidas

Ecrãs eletrónicos (Televisores & Monitores)

Todas as classes são permitidas

Fontes de luz (Lâmpadas e Luminárias com lâmpadas integradas)

Standby não pode ser superior a 0,5W

Todas as classes são permitidas

Arcas para gelados

Classe mínima - F

Todas as outras categorias de armários de refrigeração com função de venda direta

Índice de eficiência energética máximo - 100


Nos próximos anos serão introduzidas alterações semelhantes e novos regulamentos s para outras categorias de produtos. Por agora, as restantes categorias já sujeitas a etiqueta energética mantêm a sua etiqueta atual.

Contemporaneamente, também novos regulamentos de conceção ecológica foram adotados para estas categorias de produtos, que passam a incluir requisitos para a eficiência na utilização de recursos e reparabilidade, por exemplo, disponibilidades de peças suplentes e acesso às instruções de reparação. Estes requisitos entrarão também em vigor em Março 2021.

A etiqueta energética europeia foi introduzida, pela primeira vez, há mais de 20 anos e é considerada um dos casos de sucesso europeus. De acordo com a Comissão, estima-se que as novas etiquetas possibilitem poupanças energéticas na ordem dos 38 TWh até 2030.

Porque é que existem duas etiquetas energéticas num aparelho que comprei recentemente?

Se comprou recentemente um aparelho e, para além da etiqueta que já conhece, encontrou uma outra que apresenta uma classe energética e um consumo diferentes, saiba que isso é possível e regular.

Para assegurar que as etiquetas corretas estarão disponíveis nos aparelhos a partir de Março 2021, alguns fabricantes estão a distribuir os aparelhos já com as novas etiquetas. E por isso, nalguns modelos poderá encontrar duas etiquetas diferentes, a antiga que ainda é válida e a nova que o será em breve.

Adaptação dos critérios de seleção do Topten aos novos regulamentos

Novos critérios de seleção para as categorias de produtos que são sujeitos à nova etiqueta em Março 2021 serão adaptados quando esta entrar em vigor. Mais informações referentes a cada categoria podem ser encontradas nos seus critérios de seleção específicos.

Na tabela seguinte é indicado o critério mais importante usado na seleção dos futuros modelos

Categoria

Classe energética mínima de seleção Topten

Aparelhos de refrigeração (Frigoríficos)

C

Aparelhos de refrigeração (Congeladores) D

Máquinas de lavar roupa < 8kg

C

Máquinas de lavar roupa ≥ 8kg

B

Máquinas de lavar louça

C



Regulamentos

Mais informações

Produtos em destaque

  • Bosch Supreme SMS4EMW00E
    Bosch Supreme SMS4EMW00E
    • Início diferido (W): 4
    • Classe de eficiência energética: C
    • Consumo energético (kWh/100 ciclos): 74
    • Ruído na lavagem (dB): 44
    • Modo espera em rede (W): 2
    • Classe de emissão de ruído: B
    • Índice de eficiência energética (%): 43.9
    • Standby (W): 0.5
    • Consumo de água (l/ciclo): 9.5
  • Candy CMI 200 W
    Candy CMI 200 W
    • Classe de eficiência energética: D
    • Classe de emissão de ruído: D
    • Consumo energético (kWh/ano): 160
    • Ruído (dB): 41
  • Candy RO 1486DWMCE/1-S
    Candy RO 1486DWMCE/1-S
    • Classe de eficiência energética: A
    • Consumo energético (kWh/100 ciclos): 47
    • Classe de emissão de ruído: C
    • Ruído na centrifugação (dB): 77
    • Classe de eficiência de centrifugação: B
    • Consumo de água (l/ciclo): 44
  • Siemens SN23EC14CE
    Siemens SN23EC14CE
    • Início diferido (W): 4
    • Classe de eficiência energética: C
    • Consumo energético (kWh/100 ciclos): 74
    • Ruído na lavagem (dB): 44
    • Modo espera em rede (W): 2
    • Classe de emissão de ruído: B
    • Índice de eficiência energética (%): 43.9
    • Standby (W): 0.5
    • Consumo de água (l/ciclo): 9.5
  • Hoover AXI HDPN 4S603 PX 16 CO
    Hoover AXI HDPN 4S603 PX 16 CO
    • Classe de eficiência energética: C
    • Consumo energético (kWh/100 ciclos): 87
    • Ruído na lavagem (dB): 42
    • Classe de emissão de ruído: B
    • Consumo de água (l/ciclo): 10.9